Clientes digitais a nova onda

3 de abril de 2019

Já notou como as mudanças do digital influenciam não apenas em quem presta serviços, mas quem divulga seus produtos e serviços também precisou se adaptar a essa nova onda de clientes digitais.

 

 Por incrível que pareça, quem se deu bem com essa nova onda não foram as grandes empresas, mas sim os novatos com suas startups! Você sabe por quê?

 Migrar uma estrutura totalmente voltada ao físico para o digital leva tempo. O fenômeno de deslocamento, porém, permitiu que novos empreendedores entrassem nesses mercados sem grandes investimentos como: Compra de fábricas e grandes equipamentos, franquias e, etc.

Se os clientes estão no digital, por que preciso de um espaço físico?

 Já nos deparamos diversas vezes com questões semelhantes, questionamentos como: O Investimento Inicial é alto; Custos Fixos Mensais altíssimos; Custos Variáveis Mensais sem controle; Com números assim, fica difícil profissionalizar seu negócio.

 Dados de 2018 fazem um comparativo dos custos médios de todos os custos enfrentados pelos micro e pequenos empreendedores. Lembrando que os dados apresentados são estratificados pela coleta de dados atuais, mas que podem variar de região para região. 

 44,3 mil reais é um valor que pode assustar muitas pessoas, correto? Muitos já considerariam atuar em Home Office sem pensar duas vezes! Mas afinal, vale a pena?

Atendendo clientes Home Office

 Começar na informalidade é comum para muitos empreendedores, principalmente como já citado, os custos são grandes para montar um negócio. Pensando nisso, muitos profissionais optam pela informalidade, mas não possuem as instruções devidas e acabam caindo em diversas limitações.

 Ao reduzir seus custos, você também está diminuindo um ponto importante para todos os profissionais, a credibilidade! Dotados de muita informação, os clientes dessa onda digital buscam freneticamente com quem estão lidando, pesquisam em sites e mídias sociais quem são os prestadores de serviço, qual a postura da empresa e principalmente qual o porte da empresa.

 Uma boa apresentação é a chave para iniciar uma negociação de sucesso!

Contratos digitais

 A tendência de que profissionais possam atender clientes de qualquer parte do mundo facilitam diversos processos, mas não deixe de levar em consideração as devidas ações contratuais.

 Por lei, os contratos digitais têm sua validade de forma igualitária, semelhante a um contrato físico.

  • Declarar as vontade das partes em realizar o negócio;
  • Exprimir o exato conteúdo do negócio;
  • Servir como meio probatório.

1 De modo simplificado, o certificado digital cumpre a função de garantir a identidade do remetente e integridade da mensagem recebida pelo destinatário. O Certificado Digital ICP-Brasil é um certificado digital controlado pelo ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação).

A dica é: Se atente a todas as cláusulas estabelecidas e principalmente certifique-se de que a tecnologia utilizada pelas empresas contratadas para prestar o serviço é capaz de garantir a autenticidade e integridade do contrato digital.